Siga

Siga por Email

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Doença causada por fungo se espalha e preocupa donos de animais no Rio

A esporotricose, também conhecido como "doença da roseira", que atinge cães e gatos, preocupa donos de animais no Rio de Janeiro.  O mais grave é que, em casos extremos, a doença pode causar a morte do ser humano.

Segundo a Vigilância Sanitária, em três anos, mais de 500 bichos já foram infectados. Das vítimas, 96% são felinos e apenas 4% são cães. A doença é uma micose causada por um fungo, transmitido por secreção ou arranhão do animal, que se manifesta com lesões por todo o corpo. 

O tratamento custa em média R$ 200 e pode durar, pelo menos, três meses. Os seres humanos também podem ser contaminados e o número de casos é preocupante. De acordo com a Vigilância Sanitária do município do Rio,  173 ocorrências foram registradas em 2010 e, em 2011, 209. Este ano, já são 65  pessoas infectadas.

Para evitar o contágio, a recomendação é usar luvas na hora de lidar com gatos doentes e lavar bem as mãos. Os animais mortos têm que ser cremados e machos e fêmeas devem ser castrados, com o objetivo de diminuir as saidas à rua.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Bixo Aki agradece pelo seu comentário, sua opinião é muito importante para nós.
Comentários que contém ofensas e palavrões não serão
aceitos.Por isso reflita antes de fazer qualquer comentário que poderá testemunhar contra você.