Siga

Siga por Email

terça-feira, 5 de junho de 2012

Prefeitura de Maricá reintegra ave à natureza no Dia Mundial do Ambiente


No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado nesta terça-feira (05/06), a Prefeitura de Maricá reintegra à natureza mais um animal recuperado por especialistas da Secretaria Municipal de Ambiente e Urbanismo.
Resgatado por equipes do Corpo de Bombeiros com uma das asas quebradas, um gavião de coleira (Falco femoralis) será solto hoje em uma unidade de conservação da cidade pela Guarda Municipal Ambiental, após cerca de um mês de recuperação.
Esse e outros animais silvestres são tratados no Centro de Triagem do Ibama, em Seropédica, ou no zoológico do Rio de Janeiro com a supervisão do departamento de fauna do Ibama. As espécies (em geral aves e mamíferos) são avaliadas pelo médico veterinário Marcos Janacovick, que coordena a equipe em Maricá.
“Quando não existe muita gravidade, o tratamento é feito na própria Secretaria de Ambiente e Urbanismo e as espécies são reintegradas ao habitat. Caso contrário, os animais são encaminhados para tratamento em Seropédica ou no Rio”, explica Janacovick, que faz as avaliações em sua clínica no bairro de São Francisco, em Niterói, ou na secretaria.
Além do gavião de coleira, outros dois animais foram reintegrados recentemente à natureza. Guardas Municipais do Grupamento de Defesa Ambiental de Maricá soltaram no último fim de semana uma jiboia e uma seriema em unidades de conservação da cidade.

Centro de Reabilitação
Está com os dias contados a necessidade de deslocamento para outros municípios nos casos de maior complexidade no tratamento dos animais. A Subsecretaria Municipal de Ambiente elabora um projeto para criar o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres, que, segundo a subsecretária Deborah Dias, será referência para outras cidades da região.

Fonte: PMM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Bixo Aki agradece pelo seu comentário, sua opinião é muito importante para nós.
Comentários que contém ofensas e palavrões não serão
aceitos.Por isso reflita antes de fazer qualquer comentário que poderá testemunhar contra você.