Siga

Siga por Email

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Mais uma crueldade contra animais e manifestantes pedem a prisão do dono do rottweiller

(Foto: Marcelo Mora/G1)
O corpo do rottweiler Lobo, que morreu em uma clínica veterinária de Piracicaba, a 160 km de São Paulo,na noite desta terça-feira (15), pode ser cremado, com direito à transmissão da cerimônia pela internet, segundo Miriam Miranda, presidente da organização não governamental (ONG) Vira-lata Vira Vida. Outra opção é que o corpo seja enterrado em um terreno do abrigo mantido pela ONG na cidade.
Segundo Miranda, uma empresa especializada em velório de animais de estimação de São Paulo se ofereceu para realizar a cremação do corpo e enviar as cinzas de volta para a ONG. "A nossa intenção é transformar a cerimônia em um marco para que o ocorreu não seja esquecido, para que uma violência dessas contra um animal não volte a se repetir", afirmou. Caso se confirme a cremação, as cinzas do rottweiller seriam depositadas em uma urna, que, por sua vez, seria instalada em um local específico em um jardim da ONG.
O cachorro foi amarrado ao carro de seu dono e arrastado no início deste mês por cerca de 1 km pelas vias de Piracicaba. Lobo estava internado desde o acidente e teve uma de suas patas amputadas como consequência da violência sofrida. Antes de morrer, o animal foi submetido a duas cirurgias.
O dono do animal foi identificado e multado pela Polícia Ambiental em R$ 1.500 por maus-tratos contra animais. As investigações foram encerradas na sexta-feira (11) pelo delegado do 2º Distrito Policial de Piracicaba, Wilson Sabino. Ele finalizou o termo circunstanciado, usado quando a pena máxima para o crime é de até dois anos de prisão ou multa, e o enviou para o Juizado Especial Criminal da cidade.
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Bixo Aki agradece pelo seu comentário, sua opinião é muito importante para nós.
Comentários que contém ofensas e palavrões não serão
aceitos.Por isso reflita antes de fazer qualquer comentário que poderá testemunhar contra você.