Siga

Siga por Email

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Após 28 anos você acha que isso é justo?

Nem sempre a mais certa decisão pode ser o melhor para o animal que vive a 28 anos com a família e já está idoso.Acho que a justiça deveria se preocupar mais com a bandidagem que age no tráfico dos animais!
Para mim esse animal vai sofrer com a separação de seus donos.
Tantas coisas nocivas e ilegais neste mundo e ninguém faz nada.
Deixem o Chiquinho ficar com seus donos!


TJ-RJ determina que macaco-prego ‘Chiquinho’ retorne ao habitat natural
A 16ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) determinou que o macaco-prego de nome “Chiquinho” seja entregue ao zoológico, aos cuidados dos órgãos de proteção dos animais silvestres. Segundo o TJ-RJ, ele vivia há 28 anos em uma residência sem autorização e licença dos órgãos de proteção ambiental. Ainda cabe recurso à decisão, que foi publicada nesta segunda-feira (10) no site do TJ-RJ.
Ainda de acordo com o TJ-RJ, o animal foi apreendido na residência de seu dono em 2008, pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), após denúncia anônima. Em seu favor, o guardião do macaco alegou que, embora silvestre, Chiquinho já é idoso e sempre foi tratado como um membro da família, o que inviabilizaria qualquer tentativa de reinserção em seu ambiente natural. Ele foi domesticado desde filhote. O Inea, por sua vez, ponderou que a conduta do autor, por mais bem intencionada que seja, é nociva e ilegal.
No dia 17 de setembro de 2010, a juíza Christianne Maria Ferrari, da 4ª Vara Cível de Petrópolis, na Região Serrana, julgou procedente o pedido do dono. Ela o declarou guardião do animal, determinou que ele fosse devolvido ao seu dono, sendo o autor da ação nomeado depositário fiel do animal até o fim dos recursos na área administrativa.
No entanto, segundo o TJ-RJ, o desembargador Eduardo Gusmão Alves de Brito, relator do recurso do Inea, considerou que houve crime contra a flora e fauna.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Bixo Aki agradece pelo seu comentário, sua opinião é muito importante para nós.
Comentários que contém ofensas e palavrões não serão
aceitos.Por isso reflita antes de fazer qualquer comentário que poderá testemunhar contra você.