Siga

Siga por Email

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Presidente do Zoológico de Niterói diz que fundação não vai acabar


FONTE: R7
A presidente do Zoológico de Niterói (Zoonit), Giselda Candiotto, disse nesta quinta-feira (14) que a fundação não vai fechar as portas, como informou o Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente) na quarta-feira (13). Segundo ela, os advogados já estão tomando as providências necessárias para retomar os animais.

- Nós não esperávamos a retirada dos animais. O prefeito de Niterói está pedindo ao Ibama um auxílio da parte técnica para as obras, pois o zoológico não vai fechar. Ele vai continuar. Nós vamos nos reestruturar. Estamos pedindo os animais de volta. O Zoonit já tem verbas, precisamos apenas adequar os recintos dos animais.

Fiscais do Ibama, agentes da Polícia Federal, do Batalhão Florestal e da Advocacia Geral da União
retiraram 58 animais que estavam em situação irregular do zoológico na última quarta-feira (13). De acordo com o instituto, outros 68 animais ainda serão retirados.

Para facilitar a locomoção, os animais foram sedados. As aves foram levadas para o Cetas (Centro de Triagem de Animais Silvestres), em Seropédica, na Baixada Fluminense. O leão Sansão e o conhecido chimpanzé Jimmy foram levados para o GAP (Grupo de Apoio aos Primatas), em Sorocaba, no interior de São Paulo, assim como os cágados, as corujas e os macacos-prego.
A assessoria do Ibama informou que o Zoonit não é reconhecido pelo instituto como zoológico e, por isso, não pode redistribuir e soltar os animais recebidos na fundação sem autorização.

A fundação recebeu uma multa aplicada de mais de R$ 1 milhão pelo por receber 490 animais e deixá-los aos cuidados de terceiros sem autorização. A Justiça do Rio determinou que todos os animais fossem retirados do lugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Bixo Aki agradece pelo seu comentário, sua opinião é muito importante para nós.
Comentários que contém ofensas e palavrões não serão
aceitos.Por isso reflita antes de fazer qualquer comentário que poderá testemunhar contra você.