Siga

Siga por Email

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Pirata, um cão herói e idoso.


Pirata, um cão herói e idoso, e com apenas um olho, vivia há nove anos no Batalhão da Polícia Militar na Av.Regente Feijó, 871 – no Jd Anália Franco, São Paulo (SP).
Ficou famoso em agosto de 2009 quando impediu (dando um sonoro alarme) que meliantes invadissem a corporação e pegassem desprevenidos os soldados que lá estavam.  
Houve troca de tiros, mas graças a intervenção do Pirata, os policiais conseguiram se defender e aguardar até a chegada de reforços. Segundo consta, os criminosos queriam levar armas e os novos rádios militares. Ele já tinha o carinho de toda a corporação, carinho esse que somente aumentou com ato heroico e ganhou até uma matéria especial pela Rede Bandeirantes, TV Cultura e na Folha de São Paulo.   
Porém, um informante passou ao Jornalista Nilton C. Paiva a informação de que o Cão Pirata, um idoso que faz jus ao nome, foi removido de sua casa, do batalhão, pela nova comandante, que parece desconhecer que o mundo inteiro considera o cão o melhor amigo do “ser humano” e não só dos homens.  
E eu não tenho informantes, mas sei também de diversas fontes, que em várias delegacias, onde houve troca de comando e de delegado, o mesmo absurdo está acontecendo.
 As patentes que deveriam manter a lei, estão infringindo a lei, ao desalojar e abandonar os animais à própria sorte, que sem terem para onde ir, conseguiram, ao longo dos anos, um pouco de solidariedade e um cantinho no pátio de distritos e batalhões de polícia. 
O mais urgente é encontrar o Pirata, que além de estar desaparecido nas ruas de São Paulo, deve estar apavorado e faminto. 
Peço a todos aqueles que colaboraram divulgando no twitter, no facebook, no orkut, em seus blogs, como o caso do Pinpoo, ajudem o Pirata a também ser localizado.

Fonte: Rede Bichos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Bixo Aki agradece pelo seu comentário, sua opinião é muito importante para nós.
Comentários que contém ofensas e palavrões não serão
aceitos.Por isso reflita antes de fazer qualquer comentário que poderá testemunhar contra você.