Siga

Siga por Email

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Internet do bem ou do mal?

Com o surgimento do computador veio a internet a partir de pesquisas militares nos períodos da Guerra Fria, mas foi em 1969 que  ocorreu a transmissão do que pode ser considerado o primeiro E-mail da história.
Com o passar dos anos o mundo da tecnologia deu uma virada de 360º graus e atualmente é usada por todo o mundo para fazer compras, ler as notícias, entrar em contato com os amigos, estudar e trabalhar.
O clique do mouse resolve muitas coisas que levariam tempo para serem resolvidas se uma pessoa tivesse que sair às ruas para fazer a tarefa em questão.
Essa informação rápida é contagiante, e hoje podemos ler os mais variados assuntos, saber o que acontece pelo mundo afora, viajar sem sairmos de casa por lugares até então apenas imaginados e até casar, tudo isso através dessa poderosa ferramenta.
Mas esse poder da era digital serve tanto para o bem como para o mal, é como uma faca de dois gumes que muitas vezes está distanciando pessoas da vida social, dos amigos reais e agredindo a psique humana quando é usada por pessoas que tem más intenções e que se servem da internet para ludibriar, ofender, roubar e até matar.
Hábitos simples como ir ao cinema agora é trocado por um filme na tela de seu computador e muitas pessoas estão deixando de viver suas próprias vidas de maneira natural para viver um personagem na rede.
Outro fator contrário são as horas passadas em frente do computador, o que prejudica na visão, no corpo e na alma.
Muitas pessoas já morreram por passarem mais de 72 horas jogando em frente a tela do computador.
Esse número de adeptos á Internet se alastra cada vez mais, e a influência da mídia pode iludir os usuários a ficar muito mais tempo conectados.
Não podemos negar que a Internet seja uma ferramenta de grande habilidade para o trabalho, estudo, etc,  mas a partir do momento que começa a denegrir a integridade física e psicológica do internauta, ela se transforma em um verdadeiro mal na vida da pessoa.
Nossos filhos através da Internet podem ter acesso aos mais variados sites com material rico como por exemplo as bibliotecas digitais mas, ao mesmo tempo podem ser alvos de abusos sexuais, pedofilia e agressões.
Nós pais devemos estar sempre atentos a tudo o que diz respeito de nossos filhos na rede e sempre orientarmos à eles que muitas coisas na internet não são o que parece ser.
Vivemos num mundo tecnológico mas, imaginário e complexo onde quem não conhece MSN, Orkut, Google, Email é surpreendido por aquela pergunta inusitada: “ Como? Você não sabe o que é? ” sendo dito como um “desconectado”.
Para quem acha que tudo pode através da Internet e que ela pode substituir sua vida lembre-se que vida só se tem uma.
Sentir o cheiro das flores, ouvir as ondas quebrando na praia e sentir na pele todas as emoções de um dia ao ar livre isso sim que é viver!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Bixo Aki agradece pelo seu comentário, sua opinião é muito importante para nós.
Comentários que contém ofensas e palavrões não serão
aceitos.Por isso reflita antes de fazer qualquer comentário que poderá testemunhar contra você.